sexo no primeiro encontro

Fazer amor em primeiros encontros íntimos é possível?

Estar com alguém com quem se ama e se quer estar por perto é, sem dúvidas, maravilhoso. Mas até chegar nesse ponto de conhecer, amar, e realmente querer estar perto, é necessário, primeiramente, conhecer.

E não apenas conhecer o outro, mas também a si mesmo. Saber se realmente quer namorar ou não, deixa mais fácil a situação de se conhecer, e ajuda a estabelecer qual é o real intuito de ambos.

Existem muitas dúvidas e posicionamentos sobre como agir ou reagir a um primeiro encontro íntimo, e isso só aumenta quando se é colocado o seguinte ponto em pauta: pode ou não pode fazer amor em primeiros encontros íntimos?

E a resposta é: você é quem decide

Podem falar o que quiserem para você, e te apresentarem milhares de motivos para que você faça ou não faça.

Mas, você tem total liberdade para escolher isso, seja homem ou mulher, o corpo é seu, a vida é sua, e o encontro é com você. Então, quer motivo melhor para que seja convencida de que você é dona – ou dono – de si mesmo? Se a resposta é sim, prepare-se! E continue lendo esse texto.

Caso sua resposta seja não, meu conselho é: leia esse texto mesmo assim.

1º – Seu corpo, suas regras. Você, suas regras.

Ninguém, e absolutamente, ninguém, deve mandar no seu corpo além de você. Caso você seja mulher e esteja lendo este texto, gostaria de falar algumas coisas para você.

Vivemos em uma sociedade altamente machista, onde a esta prática é tão difundida entre nós, e tão comum, que as próprias mulheres reproduzem o machismo sem nem mesmo perceber.

Atualmente, o feminismo, tem ganhado cada vez mais visibilidade na luta contra a opressão machista. Lembrando que o feminismo luta por igualdade de direitos entre homens e mulheres.

A desigualdade entre ambos é gritante em diversas áreas, e é essa a luta feminista. Argumentos que dizem que as feministas odeiam os homens é mentira. A luta é contra o machismo. Apenas.

Um dos pontos de luta feminista é acabar com a ideia de que a mulher é submissa ao homem, afinal, porque seria se constitucionalmente, e até mesmo na vida, somos iguais?

Esqueça e não escute coisas como: “É coisa de mulher que não presta fazer amor no primeiro encontro”, ou, “Você tem sim que fazer amor no primeiro encontro para o cara gostar de você”.

Faça o que você quiser, quando se sentir à vontade para fazer. Você tem direito ao sim, e também e principalmente, ao não.

Agora, se você é homem e está lendo esse texto, gostaria de também conversar com você.

Meu caro amigo, ela tem o mesmo poder de escolha e de tantas outras coisas que você também tem! Ou seja, respeite-a.

Caso você saia com uma mulher e queira transar com ela no primeiro encontro, se ela se recusar, não significa que ela não goste de você, não significa que ela está te desrespeitando, não significa que ela está te desprezando, significa, apenas, que ela não quer. Assim como você não quer outras coisas, ela tem o mesmo direito.

Agora, se ambos quiserem, aproveitem.

Amigos e amigas, apenas compreendam que vocês devem se respeitar. A mulher deve dizer sim ou não, caso queira ou não queira, o homem, o mesmo. Ambos devem se respeitar e lembrar sempre que, nada melhor do que uma boa conversa para se entender.